sábado, 13 de dezembro de 2014

Tedeísmo: a etimologia

O termo TEDEÍSMO é um neologismo criado a partir da sigla TDI, de Teoria do Desenho Inteligente. Linguisticamente segue um critério há muito presente em nossa língua, como no caso do nome de um antigo caminhão, o famoso FNM  (“Fenemê”),  em que se faz uso da pronúncia das letras que compõem a sigla  de  Fábrica Nacional de Motores.
Quanto ao emprego do sufixo “ismo”, linguísticamente ele já se incorporou nos diversos vernáculos, para designar sistemas filosóficos, políticos, econômicos, artísticos, religiosos e mesmo científicos etc. Por exemplo: materialismo, espiritismo, socialismo, freudismo, marxismo, simbolismo, modernismo, positivismo, darwinismo, neodarwinismo, criacionismo, evolucionismo, lamarckismo, mendelismo, pontualismo, e, consequentemente: tedeísmo.
A idéia de se fazer uso de um adjetivo para designar a Teoria do Desenho Inteligente (Tedeísmo) e seus proponentes (Tedeísta) perpassa necessariamente pelo viés da comunicação, a fim de facilitar o diálogo entre aqueles que de algum modo estão envolvidos com questões relacionadas à origem e desenvolvimento da vida, dentre os quais os chamados criacionistas e darwinistas (ou evolucionistas).

É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário